Governo iraniano quer banir a internet do país

11/04/2012


A grande maioria dos conteúdos que podemos encontrar na internet é originada em países ocidentais – o que inclui toda a América e também a Europa. Esses materiais produzidos não costumam agradar aos países com regimes totalitaristas, como é o caso da China e do Irã. Este segundo, por exemplo, está seguindo os passos do primeiro (responsável por várias ações de censura da rede mundial de computadores) para banir a internet totalmente.

Isso mesmo, o governo iraniano vai cortar todo o acesso que as pessoas têm a sites de fora do Irã. Segundo mostrado pelo International Business Times (IBT), até agosto o país estará funcionando baseado em uma rede interna única – que deve funcionar como uma gigantesca intranet. Para acessá-la, os cidadãos vão precisar de um registro completo – e, provavelmente, vão ter todos os passos rastreados.

Com isso, os iranianos não terão mais acesso aos principais sites de notícias do mundo – e nem mesmo poderão utilizar os motores de busca Google ou Bing. Todos os sites passarão pelo crivo do governo para que possam ir ao ar. E, conforme relatado pelo IBT, toda a informação que chegará à população será baseada em informações do próprio Estado.

Fonte

0 comentários:

Postar um comentário

 





© 2011-2012 Todos os direitos reservados - Editado por XaplayD